35 aniversário da investidura do primeiro Presidente da Junta de Extremadura

35 aniversário da investidura do primeiro Presidente da Junta de Extremadura 35 aniversário da investidura do primeiro Presidente da Junta de Extremadura

Um dia como hoje, faz 35 anos, Juan Carlos Rodríguez Ibarra foi proclamado como primeiro Presidente da Junta de Extremadura.

 

O debate do dia da posse celebrou-se o 7 de junho de 1983 no que foi a sede provisória da Assembleia de Extremadura, a Casa da Cultura de Mérida.


Após muita incerteza e depois duma transição pontilhada por uma tentativa de Golpe de Estado, Extremadura acolhia com esperança as suas primeiras eleições autonômicas na primavera de 1983. O 8 de Maio, 786.200 extremenhos estavam ligados às urnas. Foram as eleições das que iam sair os primeiros deputados da Assembleia de Extremadura e, seguidamente, os primeiros membros da nova Junta de Extremadura. Mas além disso, para o PSOE, foram as primeiras eleições nas que se conquistou a primeira maioria absoluta. Neste mês de maio tem-se cumprido os 35 anos da que seria a primeira vitória copiosa eleitoral dos socialistas extremenhos.


A aquelas eleições concorreram 7 candidaturas, ainda que só 4 faziam isto nas duas províncias: PSOE, PCE, Extremadura Unida e a coligação formada por AP-PDP-UL (Aliança Popular, Partido Democrata Popular e União Liberal). Somente por Cáceres concorreram também CDS e o Bloco Popular de Extremadura e, só por Badajoz, o bloco PCEU-PCOE (Partido Comunista de Espanha Unificado e Partido Comunista Obreiro de Espanha). A participação naquelas primeiras eleições foi dum 71’9%, votaram 565.244 extremenhos. A seguir ao escrutínio, o resultado deparou numa maioria absoluta para o PSOE encabeçado por Juan Carlos Rodríguez Ibarra. Os socialistas lograram 35 das 65 cadeiras com um 53’27% dos votos. Por detrás, ficou AP- PDP-UL com 20 cadeiras (um 30’24%), em terceiro lugar, aparece Extremadura Unida com 6 deputados (um 8’52% dos votos). O último partido em obter representação foi o PCE com 4 cadeiras (6’51%). A primeira maioria absoluta foi em 1983 para o PSOE de Extremadura.


O primeiro presidente da Junta de Extremadura, e o primeiro também do PSOE, poderia tomar posse do seu cargo em junho de 1983. Foi num ato sóbrio, simples, ao que não foram os 20 deputados da direita extremenha. Mas, apesar desta ausência, o discurso de Juan Carlos Rodríguez Ibarra apelou pela unidade, “conto com todos, ofereço e brindo a minha mão aberta a todos” e referiu-se à necessidade de esta terra de “quebrar com o seu complexo de inferioridade”, reivindicou à ajuda e a solidariedade do Governo de Espanha para poder crescer como região.

 

 

Recuperamos do arquivo de Fundceri algumas fotos do momento, e recortes de jornais do dia seguinte:

 

 

Entrevista a Juan Carlos Rodríguez Ibarra em La Ventana de Extremadura sobre este aniversário.

Contacta con Fundceri

Fundación Centro de Estudios Presidente Rodríguez Ibarra

C/ Jacobo Rodríguez Pereira, 21A

06010 - BADAJOZ

Teléfono: (+34) 924 263 800

Correo electrónico de la Fundación

Contacto